A tarefa de reduzir a inadimplência é uma meta percorrida diariamente por todo empresário, seja ele do ramo de distribuição / atacadista ou não.

Isso porque, ter clientes com pagamentos em atraso, impacta diretamente no fluxo de caixa da empresa e pode inclusive inviabilizar a continuidade da operação. Sem contar que, recuperar esses valores pode exigir custos extras, não programados para as margens praticadas.

Mas afinal, como eu posso ao menos reduzir a inadimplência em meu negócio? 

Lamento dar-lhe essa informação, mas infelizmente não existe uma fórmula pronta. Por outro lado, se você colocar em prática algumas estratégias, podemos com facilidade reduzir bastante o impacto que o não pagamento dos títulos têm sobre seu negócio.

 

Como reduzir a inadimplência em sua distribuidora


A liberação de crédito para clientes é uma estratégia comumente utilizada como uma estratégia para reforçar vendas. A estratégia é óbvia, quanto mais clientes com crédito disponível, a probabilidade de vendas aumenta.

Por outro lado, essa estratégia deve ser feita baseada em planejamento e não pelo simples fato de agradar um cliente. Por esses motivos, vamos listar algumas ações importantes para que sua empresa reduza a inadimplência e assim evite prejuízos. 

Conheça seu cliente

Permitir que o vendedor tenha em mãos, dados como produtos mais comprados, limite de crédito, políticas comerciais que permitam a ele realizar uma negociação especial, fará com que sua empresa construa um bom relacionamento com seu cliente.

Além de facilitar a venda, ter um bom relacionamento com o cliente ajuda a reduzir a inadimplência e com certeza deixará o processo de cobrança muito mais tranquilo. 

Entregue documentos de cobrança em mãos

No mercado de atacado e distribuição, um dos principais fatores de inadimplência é o não recebimento da fatura para pagamento. Esse é um problema fácil de resolver, pois a solução está sob seu domínio.

Nas vendas do tipo pronta-entrega (aquelas em que o vendedor faz a venda, fatura e entrega a mercadoria no mesmo atendimento), é comum o uso de impressoras portáteis que permitem a impressão do boleto bancário no ato.

Outro aspecto que ajuda a reduzir as inadimplências, é trabalhar com pagamentos à vista. Se o cliente consegue fazer o pagamento em dinheiro, ótimo. Porém, existem sistemas como o VendasExternas, que permitem que o cliente faça o pagamento com cartão de crédito e débito integrado ao sistema.

Formalize a transação

A forma mais comum de formalização e que permite uma eventual cobrança judicial é através da emissão da nota fiscal eletrônica. Outras formas de oficializar um acordo é através de contrato e/ou geração de uma nota promissória.

Nas soluções para força de vendas do VendasExternas, o vendedor pode coletar a assinatura digital do cliente no próprio tablet.

O que é necessário na verdade, é ter em mente que a transação comercial deve ser formalizada, isso pode ser determinante para o sucesso ou o fracasso do negócio.

Utilize um sistema para gestão do contas a receber

O tempo em que os controles de um negócio ficavam em planilhas ou anotações em papel já passou, utilizar a tecnologia ao seu favor ajuda também a diminuir a inadimplência.

Além de agregar recursos para manutenção cadastral de clientes, é possível ter registros relacionados ao ser perfil de compras, limite de crédito, políticas de preços próprias de cada cliente.

O controle de contas a receber é outro recurso oferecido pelos sistemas de gestão. Ter a integração com o contas a receber, permite que o próprio vendedor possa realizar cobranças de títulos vencidos ou a vencer.

Conclusão

Todas as dicas para redução da inadimplência que citamos no artigo estão de certa forma disponíveis a sua empresa, basta colocá-las em prática.

Salvo aquelas situações que são alheias ao negócio, mantenha foco no bom atendimento e construa um relacionamento baseado na parceria com seus clientes.