fbpx

Há quem diga que o melhor a se fazer em épocas de recessão econômica é reduzir o máximo de custos, congelar investimentos que estavam em pauta, realizar demissões em massa e contratar estagiários que consequentemente terão salários mais baixos. No entanto, os gestores que pensam desta maneira, não imaginam como estas atitudes poderão prejudicar a sua empresa a curto prazo.

Mas isto também não significa que reduzir custos, manter a cautela nos próximos investimentos e fazer alterações no quadro de funcionários não sejam boas opções para redução de custos, assim ajudando sua empresa a escapar dos prejuízos da crise no país. O que gostaríamos de deixar claro, é que toda e qualquer solução deverá ser colocada em uma balança e ser detalhada para que o proveito dessas mudanças tragam apenas efeitos positivos, mesmo em momentos de adversidade econômica.

“Contrate caráter, treine habilidades.” – Peter Schutz, palestrando motivacional e ex-CEO da Porsche.

Com isto em mente, falaremos sobre os (03) principais erros cometidos pelos gestores em tempos de crise e daremos dicas de como evitá-los.

1° erro: Não acreditar na sua equipe

Um dos principais pilares de qualquer empresa são as pessoas envolvidas. A importância da equipe é ressaltada ainda mais em momentos de crise, pois nada melhor que uma equipe estruturada em conjunto a um bom líder para que qualquer empresa consiga superar os turbulentos períodos econômicos sem grandes sequelas.

Mantenha sua equipe atualizada sobre o estado da empresa e não omita informações que você julga desnecessária comunicá-las. As pessoas possuem visões diferentes sobre as coisas, as vezes uma informação que você considera banal pode ser o estalo de uma nova ideia de inovação vinda do seu próprio funcionário.

“Nenhum homem será um grande líder se quiser fazer tudo sozinho ou se quiser levar todo o crédito por fazer isso.” – Andrew Carnegie, Empresário estadunidense considerado um dos homens mais ricos do século XIX.

2° erro: Não acreditar em si

As pessoas normalmente confundem o conceito de liderança. Talvez seja porque a maioria das empresas são comandadas por chefes autoritários e individualistas. No entanto, poucas equipes são contempladas por bons líderes que convertem todo seu poder em admiração. Um bom líder arregaça as mangas e vai junto com a sua equipe a luta e não fica atrás da sua mesa apenas apontando os erros dos seus subordinados.

O gestor que deseja deixar um legado na sua empresa deve primeiramente acreditar em si. Conduza as pessoas como você gostaria de ser conduzido, inspire-as, mantenha um bom relacionamento interno, pratique o companheirismo e consequentemente a admiração será notada naturalmente.

“Líderes incríveis saem da sua rotina para melhorar a autoestima de sua equipe. Se as pessoas acreditam nelas, é incrível o que elas podem conquistar.” – Sam Walton, fundador da maior rede de varejo do mundo, a WalMart.

3° erro: Investir errado na hora certa

Poucos acreditam que a crise é uma porta de boas oportunidades. Essa minoria é aquela que consegue ultrapassar as dificuldades, inovar no mercado e obter lucros inacreditáveis. A crise está ai, afetando a população tanto como as empresas e para sobreviver no mercado é necessário sobressair-se diante aos outros. Isso não é fácil, mas também não é impossível.

Fique atento aos movimentos de seus concorrentes, abuse do planejamento, reduza os gastos, pondere seus investimentos e mire sempre em resultados positivos. Acredite na sua equipe e principalmente em si próprio, evite a zona de conforto e busque sempre fazer mais.

“Costumo dizer que, durante crise, há aqueles que choram. E há aqueles que fabricam lenços e vendem para quem está chorando. Nós somos grandes fabricantes e vendedores de lenços” – Abílio Diniz, presidente do conselho da BRF, acionista e conselheiro do Carrefour.

Equipe VendasExternas
Oferecemos soluções para gestão das vendas externas, destinadas a empresas que atuam com vendas através de representantes e/ou pronta entrega. Baixe gratuitamente clicando aqui.