fbpx

O uso de geolocalização considera a visualização de mapas e análise de dados como componente no processo de tomada de decisões na gestão de Vendas, Logística e Marketing. Os mapas sempre tiveram grande importância para o mundo dos negócios, devido as possibilidades de ampliação das fronteiras, localização geográfica e visualização segmentada de clientes prospectivos, ativos e inativos.

Faz parte das tarefas do gestor comercial de um atacadista e distribuidor, a organização das informações de clientes e vendedores, a fim de que a operação seja mais econômica possível e ainda tornar o acompanhamento da concorrência. Quando a gestão comercial é realizada com o apoio da inteligência geográfica fica muito mais simples cumprir as suas metas.

Neste artigo destacamos alguns pontos que mostram que o uso da inteligência geográfica é um forte aliado na busca pela produtividade e competitividade:

  1. Administração da programação de visitas:
    Um vendedor que é responsável por uma extensa área e tenha que percorrer muitos quilômetros por dia/mês para garantir total cobertura de seus clientes, têm gastos com combustível, estacionamento, alimentação e muito tempo usado para se deslocar de um ponto ao outro. Em contraste, o uso da inteligência geográfica permite otimizar a agenda com um roteiro organizado para que sua equipe poupe em todos os aspectos e possa ampliar o rendimento. Com a otimização da rota a ser executada pelo vendedor, será possível realizar mais visitas, obtendo um rendimento maior, elevando o faturamento por quilômetro rodado e trazendo um ganho significativo de receita para a empresa. Além disso, o gestor consegue ter uma visão ampla da atuação da equipe de vendas, identificando qualquer ruptura em tempo real.
  2. Rendimento maior de territórios já explorados:
    Você que é Gestor e acompanha seus vendedores nas suas respectivas rotas e tem por conhecimentos as áreas, pontos de vendas em que sua empresa atua, perceberá que existem mais oportunidades de negócio, além das que já estão sendo trabalhadas. Porém, como prospectar novos clientes nesse território? Aí que entra a tecnologia de gestão comercial no seu negócio, que irá lhe auxiliar identificando todos os clientes em potenciais naquela região. Basicamente é uma mão na roda, pois manualmente seria uma tarefa fatigante e onerosa, muito provavelmente você não faria esse levantamento. O mapa digital ainda ajudará o gestor a visualizar de forma geral o rendimento de cada território por vendedor ou região de vendas, proporcionando condições eficazes para avaliar a necessidade de determinar as regiões ou realocar funcionários para melhorar a positivação dos clientes e obviamente sua participação naquele mercado.
  3. Regulamentação de entrega dos pedidos:
    Beneficiar-se ao máximo dos potenciais clientes de uma determinada região também traz vantagens nas entregas dos pedidos. Os custos com fretes são importantes para os distribuidores, um dos benefícios fundamentais da inteligência geográfica é justamente facilitar um roteiro otimizado e eficaz de entrega, economizando no transporte das cargas e diminuindo o tempo de deslocamento da frota. Um gestor que se prese está sempre em busca de novos clientes para sua empresa, o esforço empregado para explorar novos territórios pode sem querer gerar gastos ao em vez de lucros. Por isso a geolocalização permite esgotar todas as possibilidades de um território, permitindo, por exemplo, alocar melhor os investimentos feitos pela sua empresa.O uso de mapas continua sendo essencial na vida comercial, e como você viu neste post em três tópicos, agora ele pode ser digital e ainda mais imprescindível para o desenvolvimento do atacadista e distribuidor.

Equipe VendasExternas
Oferecemos soluções para gestão de pré-vendas e pronta entrega, Trade Marketing, Comércio Eletrônico Atacado e Varejo, Gestão de Entregas e Televendas. Baixe gratuitamente nosso aplicativo clicando aqui.