fbpx

Amplamente utilizado no mercado de distribuição, as áreas de trade marketing e merchandising se encontram em determinada medida. Para isso, criamos um artigo onde destacamos alguns conceitos dos respectivos assuntos e suas aplicações.

Trade marketing, pode ser caracterizado como o canal que possibilita um relacionamento familiarizado com distribuidores (PDV) o que ajuda a gerar satisfação para os clientes de um determinado produto. A importância de perceber que está área precisa ser vista não apenas como um canal, traz bons resultados para fechamento de vendas e expansão da marca, é preciso compreender que a relação com o varejista é essencial e que esta tarefa fica diretamente ligada ao Trade marketing.

Uma boa estratégia de Trade marketing deve passar essencialmente pelos seguintes pontos:

Relações comerciais

É necessário que fabricantes tenham proximidade dos seus distribuidores. Isso não requer grandes descontos ou fechamentos exorbitantes, para agilizar esse processo pode ser necessário desenvolver uma estratégia de CRM B2B. O relacionamento deve ser exclusivo e não deve ser visto apenas como mais uma negoçiação.

Esforço logístico do fabricante

Esse passo faz com que a empresa se preocupe essencialmente com a disponibilidade do seu produto nos PDV’s, pois de nada adianta grandes esforços para Trade, de vendas, ou Merchandising se o produto não está acessível. Elaborando bem este passo podemos evitar a perda de um cliente para uma marca concorrente.

Ações no PDV

Sem a forma correta da exposição dos produtos no PDV, de nada valerá o treinamento de vendedores e promotores ou o ótimo relacionamento com distruibuidor, nem a presença do produto na loja. Neste ponto o foco é no consumidor final, pois essa é a porta de entrada para conhecer o produto e também a marca. Esse conjunto de ações são fundamentais para a decisão do cliente em permanecer com sua marca.

E o Merchandising?

Segundo BLESSA (2005), o Merchandising “é o conjunto de técnicas responsáveis pela informação e apresentação destacada dos produtos na loja, de maneira tal que acelere sua rotatividade.” ou seja, é de total responsabilidade do Merchandising a exposição, disposição e material atrativo para o produto. Assim, podemos dizer que esta é uma ferramenta acessória do Trade Marketing.

Devido a todos esses fatos, conseguimos concluir que Merchandising está para Trade da mesma forma que Propaganda está para Marketing: um é indispensável para o outro, e todos eles são essenciais para o sucesso das vendas de uma empresa.

Equipe VendasExternas
Oferecemos soluções para gestão das vendas, destinadas a empresas que atuam em canais como força de vendas, lojas virtuais e televendas. Baixe gratuitamente nosso aplicativo de pedidos clicando aqui.