É visível a importância que as redes sociais tem atualmente para as empresas, contudo isso não significa que toda e qualquer rede social será relevante para o empresário. O LinkedIn (www.linkedin.com) é a ferramenta mais diferenciada sem dúvidas na web. Devido a perspectiva criada aos usuários, sejam físicos ou jurídicos, ela é utilizada basicamente como marketing pessoal. Lançada em 2003 e com aproximadamente 347 milhões de usuários no mundo todo, é a rede social de negócios mais bem-vista por este público.

Segundo o próprio LinkedIn, a marca de 20 milhões de usuários no Brasil já foi alcançada e o país fica em terceiro lugar no ranking mundial de perfis da rede, ficando atrás apenas dos Estados Unidos e Índia. Mesmo que a maioria das pessoas ainda veem esta ferramenta apenas como mais uma rede social, outras saem na frente e utilizam da forma mais eficiente possível, alcançando oportunidades que talvez não seriam possíveis apenas no boca-a-boca ou exaustivos contatos telefônicos.

Segundo dados da própria empresa, entre os usuários brasileiros, 2 em cada 3 possuem diploma universitário e 1 em cada 4, pós-graduação. Até mesmo 60% deles acreditam que estar presente nessa rede social os torna mais bem-sucedidos e, a participação das mulheres no LinkedIn decolou de 31% para 45% dos usuários em apenas 5 anos de implementação no Brasil.

Vai ficar fora dessa? Reunimos 7 dicas para usar corretamente o LinkedIn, potencializando suas vendas em percentagens anteriormente inalcançáveis.

1.  Boa aparência: Nas redes sociais você deve lembrar que o perfil é sua primeira impressão na web e nada pior do que um perfil lotado de informações inúteis, desorganizado e esquecido não é? Seja claro e não deixe espaço para dúvidas, organize suas ideias e sugestões. Faça do seu perfil, um recurso para quem busca ajuda.

2.  “Banho Maria”: Como todos sabem, para ter a possibilidade de boas oportunidades de negócios e encontrar clientes em potencial é necessário ser notado no meio em que atua. Por este motivo, interagir é necessário. Entre em grupos de seu interesse, faça comentários positivos, poste dicas úteis e mostre interesse aos demais. Isto tornará seu perfil relevante e aos poucos, sua presença será cada vez mais apreciada e concorrida.

3.  Competências, conquistas e especialidades: Usualmente quando se preenche um currículo, a inserção de qualidades profissionais, conquistas anteriores e competências reconhecidas são habituais para o enriquecimento do seu perfil para a vaga de emprego. No mundo digital não é diferente, invista em um perfil atualizado, assim demonstrando credibilidade para quem você está depositando todo seu interesse, seja um lead importante ou um bom contato para Networking.

4.  “Pipocar” na rede: Publicando algo interessante aos seus contatos e relevante para o momento em que eles estão passando, é excelente. Fará de você, um “formador de opinião”, que traz além de autoridade a maior incidência nas buscas. Ao ter um artigo seu compartilhado, agradeça. Interaja com este usuário, seja gentil e evite a prepotência, não caia nessa de que por acertar na publicação de alguma informação, o torna melhor que alguém.

5.  Filtre informações: A rede social além de praticar o marketing pessoal é uma ponte importante para enfrentar as fronteiras do seu negócio. Entretanto, sair enviando propostas e exibindo seu produto/serviço a todos não é algo prudente, ao contrário é algo altamente prejudicial para seu perfil na rede, podendo lhe tornar um perfil considerado “Spam” para muitos. Procure fazer isso quando estiver interagindo com suas conexões, não pense que por ser o público que utiliza a rede é qualificado, seja do seu interesse o que você está apresentando.

6.  Convites convertido em negócios: O LinkedIn diferente das outras redes sociais, possui uma característica de limitar o número de convites a serem feitos. Desta maneira, aproveite esta limitação e converta ela em abrangência, convidando somente pessoas que tenham a ver com seu negócio ou profissão, priorizando os interesses e objetivos em comum, assim sua rede de conexões será uma potencial base de prospects.

7.  Pagar para ganhar: Investir no LinkedIn Premium por exemplo, é algo bem viável dentro da rede para quem pretende manter conexão com algum usuário importante no cenário. Esta versão permite o envio de mensagens para usuários que ainda não estão em sua lista de contatos, o InMails. Permite também ver o número de pessoas que entraram em seu perfil, ajudando você a mensurar suas postagens e nas transações importantes. Fique de olho e corra na frente da concorrência.

Deixe sua marca também no mundo digital, influencie pessoas, adicione pensamentos e deixe seus leitores com sede de informação. Lembrando que eles não são seus seguidores, e sim suas conexões. Conecte-se ao mundo que eles irão conectar em seu negócio.

Gostou desse artigo? Não deixe de comentar. Abaixo vão sugestões para outros conteúdos.

Equipe VendasExternas
Oferecemos soluções para gestão das vendas externas, destinadas a empresas que atuam com vendas através de representantes e/ou pronta entrega. Baixe gratuitamente clicando aqui.